PROJETO DE PESQUISA

 Prof. Msc. Joel Irineu Lohn (Org.)

 

Escolha de um PROJETO (TEMA):

             É de máxima importância saber escolher o tema da pesquisa. Artigos de jornais  e revistas, conversações, comentários de colegas, debates, seminários, experiências pessoais e  reflexões podem conduzir a bons temas de pesquisa. Boas leituras também podem conduzir a bons temas.

            O assunto a ser abordado não deve ser fácil demais e também não deve ser muito complexo, deve ser adequado à capacidade intelectual do pesquisador. Deve-se evitar temas sobre os quais  existam vários e exaustivos  trabalhos, pois existe o risco de repetir-se o que já existe sobre o assunto. A pesquisa ou estudo deve apresentar alguma utilidade, alguma importância prática ou teórica.

            É necessário ser criativo ao enfocar o tema, o trabalho deve ser original, trazer alguma contribuição nova, algo que ainda não foi dito a respeito do assunto.

 

            A escolha de um tema deve ser feita segundo alguns critérios:

01 – A importância do tema (relevância)

02 – A facilidade de acesso à bibliografia sobre o assunto da pesquisa e outras fontes.

03 – Possibilidade de desenvolver  bem o assunto, dentro dos prazos estipulados e afinidade com o tema.

04 – Delimitação da pesquisa:

a)      Local?

b)      Tipo de pesquisa?

c)      Enfoque?

 

 

          Após a definição destes critérios, a escolha do tema torna-se mais fácil e proporciona um começo organizado para a construção do trabalho.

 

 Planejamento do trabalho:

           O primeiro passo é a organização de um plano geral, especificando todas as suas partes. É a montagem de um esquema. O planejamento inicial é sempre provisório, no decorrer do trabalho, sempre são necessárias algumas modificações.  O importante é que se faça  um plano, bastante minucioso, onde constarão todas as partes do trabalho.

          O planejamento serve para conduzir e orientar o processo de pesquisa, mas está sujeito a alterações e modificações de acordo com o necessário.

 

 Montando um projeto de pesquisa

 1. Título do trabalho ou tema - deve obedecer aos critérios de relevância, viabilidade e originalidade.

2. Delimitação do assunto - determinar o tipo de enfoque, bem como sua extensão e profundidade.

 3. Objetivos - esclarecer o que se pretende, quais os resultados que se deseja obter com a pesquisa.

 4. Justificativa - por que foi escolhido o tema em questão. Qual a relevância e oportunidade do assunto.

 5. Universo da pesquisa - a que se refere à pesquisa, quais os sujeitos que serão investigados, qual seu objeto.

 6. Metodologia - quais os métodos e técnicas que serão utilizados na pesquisa. Pode-se incluir um roteiro com as principais etapas do trabalho.

 7. Cronograma - qual o tempo necessário para desenvolver-se cada fase da pesquisa: discriminar quantas semanas ou quantos meses serão destinados a cada etapa.

 8. Orçamento - especificar os recursos humanos e materiais indispensáveis para a realização do projeto, com uma estimativa dos custos, quando este item for necessário.

 9. Bibliografia básica - apresentar uma lista bibliográfica que contenha obras referentes aos pressupostos do tema ou embasamento teórico do assunto. Esta bibliografia não precisa ser completa, exaustiva, mas deverá ser elaborada de acordo com as normas da ABNT.

 

 

PLANEJAMENTO  DA PESQUISA:

 

          Uma pesquisa não pode ser realizada sem um planejamento prévio, detalhado, de todas suas etapas.

          Conforme o tema a ser focalizado, torna-se necessária uma pesquisa exploratória, para familiarização com o assunto, para determinar os objetivos e construir as hipóteses do trabalho.

          O planejamento geral engloba a parte teórica e a coleta de dados ou execução da pesquisa. De modo geral, o esquema do planejamento de pesquisa inicia-se pela parte teórica, para depois se elaborar um plano da coleta de dados:

 

ETAPAS DO PLANEJAMENTO DE PESQUISA:

 1. Escolha do tema.

2. Delimitação do assunto.

3. Levantamento bibliográfico ou revisão da bibliografia.

4. Formulação do problema.

5. Construção das hipóteses.

6. Indicação das variáveis.

7. Delimitação do Universo (amostragem).

8. Seleção dos métodos e técnicas.

9. Construção dos instrumentos da pesquisa.

l0. Teste dos instrumentos e procedimentos metodológicos.

 

ESTRUTURA  GRÁFICA de um projeto:

Todo projeto de pesquisa deve conter os seguintes elementos:

bulletCapa (Identificação)
bulletAutor : Nome do autor (3 cm abaixo do topo da folha e centralizado)
bulletTítulo : Título do trabalho (centralizado na folha)
bullet Locais de Origem e Realização : Cidade, mês e ano (2 cm da borda inferior da folha)

 

bulletFolha de rosto (Identificação)
bulletAutor : Nome do autor (3 cm abaixo do topo da folha e centralizado)
bulletTítulo : Título do trabalho (centralizado na folha)
bullet Informações essenciais da origem do trabalho :  ( 4cm abaixo do título)

Exemplo de informações essenciais sobre a origem do projeto:

Projeto de pesquisa sobre a influência das cores no comportamento humano, realizado  na disciplina de Metodologia da Pesquisa, do curso de Naturologia Aplicada, da Universidade do Sul de Santa Catarina, ministrada pelo Prof. Joel Irineu Lohn.

bulletLocais de Origem e Realização : Cidade, mês e ano (2 cm da borda inferior da folha)

OBS.: A Associação Brasileira de Normas Técnicas não determina a disposição destes dados na folha.     Esta distribuição deve ser definida pelo professor ou pela Instituição, para uniformização de seus  trabalhos acadêmicos. Em última análise a responsabilidade do projeto gráfico é do autor do projeto.

bulletSumário (Localização dos assuntos)
bullettulo e número de página:Indica os títulos das páginas, na seqüência em que aparecem no projeto.
bulletDivisões do sumário:"Enumeração das principais divisões, seções e outras partes de um documento, na mesma ordem em que a matéria nele se sucede" (NBR 6027).
- O título de cada seção deve ser datilografado com o mesmo tipo de letra em que aparece no corpo do texto.
- A indicação das páginas localiza-se na margem superior, à direita de cada seção.

                      Divisão de um Sumário :

                                        1 - SEÇÃO PRIMÁRIA
                                        1.1 - SEÇÃO SECUNDÁRIA
                                        1.1.1 - Seção Terciária
                                        1.1.1.1 - Seção Quaternária
                                        1.1.1.1.1 - Seção Quinária

bulletIntrodução (Apresentação da pesquisa)
bullet Introdução :Na introdução, o tema de pesquisa é apresentado e esclarecido aos leitores as indicações de leitura do trabalho.  A Introdução situa o projeto no contexto do tema escolhido, deve permitir um nivelamento dos conhecimentos, possibilitando a compreensão do que vai ser apresentado ao longo do projeto. Pode conter um breve histórico sobre o tema a ser abordado, assim como as motivações que conduziram a confecção do projeto.
A Introdução pode conter uma justificativa para a execução do projeto, com aspectos descritivos que  caracterizem a relevância da pesquisa, em relação aos aspectos: técnico, científico e social. A revisão bibliográfica contida na Introdução não necessita ser muito extensa, mas, deve conter as referências (autores e idéias) necessárias para uma boa base teórica. A revisão (fundamentação teórica) deve proporcionar  uma compreensão significativa sobre o conhecimento existente sobre o tema objeto do estudo.

 
bulletCorpo do trabalho (Texto)
bulletTexto :É a parte onde o projeto de pesquisa é apresentado e desenvolvido.  O texto deve expor um raciocínio lógico, ser bem estruturado, com o uso de uma linguagem simples, clara e objetiva.
bullet

Desenvolvimento do texto: O corpo do trabalho é onde o projeto é apresentado pelo autor.  As hipóteses a serem testadas devem ser claras e objetivas.  Devem ser apresentados os objetivos do trabalho.  Deve-se mencionar a importância do trabalho, justificando sua imperiosa necessidade de se realizar tal empreendimento.  Deve ser bem explicada toda a metodologia adotada para se chegar aos objetivos da pesquisa. No texto, é extremamente necessário a apresentação dos objetivos da pesquisa, a metodologia a ser utilizada, as hipóteses consideradas, o cronograma de execução do projeto e o orçamento financeiro.

 

bullet Referências Bibliográficas
bulletA Correta citação do material bibliográfico para a pesquisa é uma necessidade para a  produção científica. A referenciação deve  permitir  verificar as informações usadas na elaboração do projeto, de maneira clara e eficiente. No Brasil, o padrão utilizado é formado pelo conjunto de normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

 

bulletAnexos e Apêndices:
bulletCompõe-se de material suplementar de sustentação ao projeto (itens do questionário a ser aplicado, roteiro de entrevista ou observação, etc.).

 

bullet Glossário:
 
bulletÉ a explicação dos termos técnicos, verbetes ou expressões que constem do texto. Sua colocação é opcional.

 

bulletCapa:
 
bulletServe para proteger a última folha do trabalho, é opcional e permanece em branco. (Última folha).

 

 

- Referências Bibliográficas
 

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: Informação e documentação – Referências – Elaboração. Rio de Janeiro, ago. 2000. 22p.

 ARRUDA, Suzana Margareth ALVES, M. Bernadete Martins.Normas de referenciação. In: Biblioteca    Universitária. Disponível em:< http://www.bu.ufsc.br/framerefer.html>.  Acesso em 02 maio 2001.


 LAKATOS, Eva Maria, MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia científica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1991. 231 p.

LEONEL, V. (coord.) NORMATIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. Tubarão: Unisul, fev.2001.

VERA, Armando Asti. Metodologia da pesquisa científica. Porto Alegre: Globo, 1976.